O circo

Tini Tinou - International Circus Festival - May 8th 2015, Phnom Penh, Cambodia
Tini Tinou – International Circus Festival – May 8th 2015, Phnom Penh, Cambodia

Estar de volta ao Cambodja, é também estar de volta a uma das nossas actividades preferidas, o circo. Adoro este tipo de circo, acrobático, dinâmico, colorido e ritmado. Daquele que chegamos ao fim cheios de energia e boa disposição.

Phare, a companhia de circo do Cambodja, tem-nos proporcionado noites fantásticas cheias de cor, ritmo, magia e diversão desde o tempo em que viviamos em Siem Reap e que vimos a sua estreia com Putho. E foi isso que tivemos este fim-de-semana no Tini Tinou, o Festival International de Circo que anda a percorrer as principais cidades do reino.

Para começar, uma actuação da Escola Nacional de Circo do Cambodja, seguida de um grupo de ginástica rítmica da Suiça, Les Papillons. Duas apresentações fantásticas para encher os olhos da princesa caracolinhos que olhava fascinada para as bailarinas e os seus acessórios cheios de cor e brilho. E uma oportunidade também para fazer a tia Célia brilhar quando lhe dissemos: “sabes, a tia Célia é muito boa a fazer esta dança com as fitas e os arcos, tens que lhe pedir para te ensinar!” (Célia, faz favor de treinar, tens um mês e meio!)

A actuação do grupo de Taiwan, Formosa Circus Arts foi absolutamente brilhante. Fica aqui um cheirinho da performance de diablo foi uma das mais fantásticas que já vi (e já vi umas quantas!). Aqui foi a vez do pirata ficar completamente embasbacado a olhar para todas estas acrobacias. Foi a sua segunda ida ao circo e acho que podemos dizer que temos mais um fã! Tanto, que até decidiu explorar as escadas para cima e para baixo até encontrar O lugar! E ai se sentou feliz a dançar e aplaudir todos os movimentos.

A alegria e boa disposição de Phare é contagiante, mesmo quando trazem a cena uma peça como Sokha, que fala sobre a invasão dos Khmers Vermelhos. Foram muitos rostos fechados, alguns silêncios difíceis de digerir. Ainda ontem a Carolina perguntava porque é que a guerra vinha de noite. E se havia fantasmas. Felizmente, estes momentos mais pesados foram na altura aliviados por este final cheio de energia característico do circo cambodjano. Desde a primeira vez que os vimos em 2013, a evolução é gigante e fica a vontade de voltar para ver a peça completa.

E para terminar, mais umas fotos de família para o álbum…

TIni Tinou - With the Crew Tini Tinou - Phare

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s